Campanha de vacinação ofertou doses de reforço da Covid 19 e Meningo C

O Hospital Estadual de Trindade (Hetrin) realizou nos dias 13 e 14 desse mês uma campanha de vacinação in loco para colaboradores. A ação organizada pelo Núcleo Hospitalar Epidemiológico (NHE), Controle Interno de Prevenção à Acidentes (CIPA) e Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) busca a segurança dos colaboradores que estão em contato direto com os pacientes e o ambiente hospitalar.

Seguindo as recomendações da Secretária de Estado da Saúde (SES-GO), os funcionários da área da saúde devem receber a segunda dose de reforço (DR2) contra a Covid 19. Além das duas doses de reforço, foi oferecida também a Meningo C, que tem o objetivo de proteger a população contra a doença meningocócica do sorogrupo C. A vacina contra a meningite foi liberada para trabalhadores da saúde e a extensão do público-alvo vai até fevereiro de 2023, com a intenção de ampliar as coberturas vacinais e evitar a circulação da doença no país.

A iniciativa faz parte do Projeto Imuniza Sim, parte do Programa Qualidade de Vida do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED), organização social que administra o Hetrin. “Fizemos um levantamento e percebemos que muitos colaboradores não tinham o esquema vacinal completo e faltava a quarta dose da vacina, então nos preocupamos em ofertar elas aqui para os trabalhadores, além da Meningo C, que foi liberada agora para profissionais da saúde”, afirma Mônica Diniz, supervisora de saúde ocupacional.

Um dos principais fatores que levaram a campanha ser oferecida nesse momento foi o aumento de testagem positiva entre colaboradores. Pensando nisso, os núcleos responsáveis voltaram a reforçar a importância do uso correto da máscara, a higienização das mãos, o distanciamento social e a imunização. De acordo com a coordenadora do NHE, Taiana Dias, o hospital também oferece um atendimento completo aos colaboradores com suspeita de Covid, desde o atendimento médico, a testagem e agora, a vacinação.

De acordo com Mapa da Vacinação contra a Covid-19 no Brasil, menos de 110 milhões de pessoas tomaram a dose de reforço, o que representa 49,71% da população brasileira. O Brasil tem hoje uma média móvel em +46% de mortes por Covid, o que indica uma tendência de alta nas últimas semanas. Por isso é importante se cuidar e tomar todas as medidas protetivas cabíveis.

Para o diretor do IMED, Getro de Oliveira Pádua, essa iniciativa visa o melhor para toda a população. “A recomendação do Ministério da Saúde é de que todos que estão aptos recebam o reforço do imunizante. Vacinar os nossos profissionais reforça o compromisso que o Hetrin tem de estar sempre preparado para lutar na linha de frente e dar o exemplo para a população”.

Assessoria de Comunicação – Hospital Estadual de Trindade (Hetrin)

Isabela Maione – isabela.maione@ecco.inf.br

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content